Médico se filia ao SindMédico-DF e denuncia remoção arbitrária

Assessoria jurídica do SindMédico-DF está movendo ações contra as transferências 

O médico Adriano Guimarães Ibiapina, que está há quase dez anos lotado no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), buscou o Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF) na manhã desta quinta-feira (19), para se filiar e denunciar a sua remoção da unidade à revelia. Segundo ele, mesmo estando de férias e sem qualquer motivo plausível, a Secretaria de Saúde (SES-DF) decidiu transferi-lo para o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM).

“Eu estou de férias e fui surpreendido com essa notícia”, disse ao presidente interino do SindMédico-DF, Carlos Fernando. O médico disse ainda que ele é o único preceptor e coordenador do Programa de Cirurgia do Aparelho Digestivo do Hran. “Não tem motivação alguma para essa remoção. Por isso eu busquei o SindMédico-DF. Essa situação tem que ser revertida”, completou.

Na avaliação do presidente interino do SindMédico-DF, Carlos Fernando, “o que a Secretaria de Saúde está fazendo com alguns servidores é absurdo”. “A situação do Dr. Adriano é apenas um exemplo entre tantas outros, de servidores que estão sendo removidos à revelia, tanto do Hospital de Base quanto de outras unidades. É uma coisa totalmente sem sentido. E, é claro, o jurídico do sindicato está atento e vamos mover ações e continuar lutando contra essas injustiças”, salientou.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS